Advertisements

Bi-campeão Mundial de Futsal recusa-se a participar do ‘Esporte pela Democracia’

Ontem, o programa Inacreditável entrevistou Vinicius, que foi capitão da Seleção Brasileira de Futsal, tendo conquistado, em duas oportunidades, o título de campeão mundial.

Em determinado momento, o ex-atleta falava sobre a corrupção da Confederação, que, em 2012, levou-o, ao lado doutros jogadores, a denunciá-la ao então deputado Romário, que formalizou o caso ao MPF, resultando na queda de muitos cartolas.

Por conta disso, questionei a Vinicius sobre a possibilidade de sua adesão ao movimento ‘Esporte pela Democracia’, que luta contra os desmandos do governo Jair Bolsonaro.

A resposta foi decepcionante:

“Eu aprendi a lição depois do que eu passei com a Associação de Atletas, com a questão da Confederação”

“Cada um é livre para tomar as decisões e abraçar as causas que deseja”

Eu aprendi que você tem que aprender a lutar de maneira correta, da forma mais inteligente possível… e esses movimentos acabam sendo movimentos onde tiram uma queda de braço com gente mais forte e, geralmente, você acaba saindo derrotado”

“Eu lembro do ‘Bom Senso FC’ também, movimento que acabou não tendo muito resultado, justamente por essa força que a gente conhece…”

“Então eu sou totalmente fora, hoje, dessas questões, faço o meu papel no entorno que eu controlo, que é no ambiente que eu tenho força, e é o que eu me dedico hoje em dia, respeitando quem pensa diferente, mas aceito também as críticas de quem acha que temos que abraçar essas causas”


No link a seguir a íntegra da entrevista:

Inacreditável #08 – entrevista com Vinicius (futsal)

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: