Advertisements

Bolsonaro amplia humilhação do Vasco da Gama

Há menos de um mês, Alexandre Campello, presidente do Vasco da Gama, expôs a rica história do clube, marcada pela luta em favor de minorias, ao beijar as mãos do fascista que ocupa o cargo de Presidente da República.

A humilhação não foi suficiente.

Na última sexta-feira, ao ser abordado por um apoiador que se apresentou como vascaíno, Bolsonaro não titubeou:

“Você é vascaíno? Achei meu vice para 2022”

A piada, com o termo ‘vice’, é frequentemente utilizada por adversários do clube em sentido depreciativo.

Campello, até o momento, não agradeceu ao Presidente.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Bolsonaro amplia humilhação do Vasco da Gama”

  1. Um dejeto de presidente para um clube precário e perseguido desde sua entrada no futebol.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: