Advertisements

Tchê Tchê não terá vida fácil no São Paulo

Ontem (07), arriscando-se ao contágio por COVID-19, o jogador Tchê Tchê, do São Paulo, exerceu sua cidadania ao protestar contra o racismo e também em desfavor do governo fascista de Jair Bolsonaro.

“Quem é de vir… Vem!”, publicou em mídia social.

Apesar do exemplo, o atleta não terá vida fácil, daqui por diante, no Tricolor.

O Conselho Deliberativo do clube, em maioria, comporta adeptos de Bolsonaro e, ainda que veladamente, alguns preconceituosos.

Todos covardes o suficiente para engolir a seco a ignorância, se o time estiver em boa fase e, em caso de revés esportivo, de apontar seus desafetos como culpados de eventual fracasso.

Advertisements

Facebook Comments

2 comentários em “Tchê Tchê não terá vida fácil no São Paulo”

  1. O ato do Tchê Tchê foi de extrema burrice. Ao ir de encontro à aglomeração – não importa se contra ou a favor – ele se expôs ao risco de contrair covid-19 colocando não só sua vida, mas de terceiros (parentes, colegas de profissão, etc.) em risco, algo que equivale a ingerir grande quantidade de álcool e sair dirigindo.

  2. O que que time de futebol agora tem que se meter com política? Bolsonaro Trump e o Brexit são as três ameaças para o mundo. Trump e Bolsonaro são dois doidos, malucos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: