Advertisements

Impeachment de Andres Sanches está nas mãos do Conselho

Em abril, o Conselho Deliberativo do Corinthians votará se aprova ou não o balanço do clube, referente ao período 2019.

A dívida, oficial, será apresentada próxima dos R$ 700 milhões.

Diferente de anos anteriores, em que o empresário Paulo Garcia apoiou os desmandos da ‘Renovação e Transparência’, existe a possibilidade de seus comandados serem orientados a votarem contra a aprovação.

Em ocorrendo, a chance de reprovação passa a ser uma realidade.

Se as contas forem reprovadas, Andres Sanches sofrerá processo de impeachment.

Ou seja, o mandatário alvinegro tem pouco mais de um mês para se acertar com o dono da Kalunga ou dele receber o troco pelas constantes traições (promessas de apoio político).

Certo é que um não pode, abertamente, falar do outro, porque dividem os segredos inconfessáveis de Fernando Garcia, agente com mais de 100 jogadores negociados pelo clube.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: