Advertisements

Torcida do Botafogo pede socorro ao aclamar mediano Honda

Foi constrangedor, para dizer o mínimo, ver a torcida do Botafogo receber o apenas mediano japonês Honda como se fosse Lionel Messi no aeroporto do Rio de Janeiro.

Festa que seguiu, com mais público ainda, nas dependências do Glorioso.

Trata-se, evidentemente, de um pedido de socorro.

Se, nas finanças, o caos precisou de lobby parlamentar do botafoguense que preside a Câmara para que surja alguma esperança de contenção, no futebol, há tempos, o clube procura por um Messias.

Não será Honda, por razões óbvias.

Ainda que os fanáticos assim o pensem, o atleta, mesmo se jogasse o que fantasiam sobre seu futebol, não conseguiria fazer do restante do elenco, qualitativamente abaixo da mediocridade, mais do que um lutador contumaz pelo não rebaixamento e, talvez, por vagas em irrelevâncias, como a Copa Sul-Americana.

Campeonato Carioca, de nível pouco acima dos torneios de várzea, não deve ser considerado.

O Botafogo é, em análise realística, enorme no contexto histórico do futebol, mas apequenou-se, esportivamente, ao longo dos anos, vítima de roubalheiras e incompetências diversas, à ponto de, para piorar o contexto, sofrer substancial redução no número de torcedores.

Destes, os que restaram, pediram socorro a Honda nas últimas horas.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: