Advertisements
Anúncios

Caso Pato: malandro é malandro, Mané é Mané

Diante de um deserto de interessados, receber uma proposta como a do Shaba Al Ahli, de Dubai, que aceitou jogar dinheiro no esgoto para contratar o ineficaz e preguiçoso Alexandre Pato é um verdadeiro achado.

R$ 12,5 milhões na conta do São Paulo e R$ 1,5 milhão mensal ao ‘jogador’.

O clube, claro, aceitou.

Na verdade, até por bem menos fecharia negócio.

Pato preferiu a moleza habitual e recusou.

Se pode ganhar quantia semelhante no Brasil, sem precisar jogar futebol e ainda, de quebra, namorar a filha de Silvio Santos, para que se estressar num país em que será apresentado como estrela e, por conta disso, obrigado a atuar como tal?

“Malandro é malandro, Mané é Mané, já dizia o genial Bezerra da Silva, décadas atrás.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

1 comentário em “Caso Pato: malandro é malandro, Mané é Mané”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: