Advertisements
Anúncios

Fluminense e Figueirense precisam esclarecer: onde está o dinheiro de Robinho?

Alex Bourgeois

Em agosto de 2017, o Figueirense confirmou, através do CEO Alex Bourgeouis, ter recebido 2 milhões de Euros, pagos pelo Fluminense, por 50% dos direitos do jogador Robinho.

Metade destes seria destinado ao Atibaia.

Em recente entrevista coletiva, o presidente do clube carioca, Mario Bittencourt, negou, dizendo que herdou a pendência da diretoria anterior:

“Li numa rede social aí um comentário que o Flu gastou 2 milhões euros pelo Robinho, mas não quer gastar ‘x’ para fazer contratações. O Flu não pagou até hoje o Robinho e o Sornoza, quem tá pagando sou eu”

Alguém está mentindo nessa história.

Teria o dinheiro saído dos cofres do Flu e não entrado, oficialmente, no Figueira?

Se sim, para quais bolsos foi destinado?

A contabilidade de ambos precisa esclarecer.

Vale lembrar que Alexandre Bourgeouis, antes de sair ‘corrido’ de Florianópolis, já havia aprontado em sua passagem pelo São Paulo.

Teria Pedro Abad, ex-presidente do Flu, aprontado também?

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: