Vice do Corinthians, ex-bicheiro, leva surra eleitoral em São Paulo

andré Negão corinthians

“Os pássaros cantam infelizes na Papuda”

O vice-presidente do Corinthians, André Luiz de Oliveira, vulgo André Negão, foi humilhantemente derrotado, nas urnas, pelo povo de São Paulo, perdendo uma eleição para vereador do Município que tratava como vencida.

Esperava receber, delirantemente, mais de 100 mil votos.

Teve apenas 20 mil.

Não é a primeira derrota política de Negão que, tempos atrás, no auge da contravenção na Vila Maria, lançou-se como “André da Sorte”, sem sucesso, mas, certamente, é a mais simbólica, em que o dirigente alvinegro sentiu a real noção de suas “importância”.

Negão conseguiu perder mesmo utilizando-se, indevidamente, da marca ‘Corinthians” durante toda a campanha, recebendo ainda apoio financeiro do empresário Paulo Garcia, dono da Kalunga, que teria aportado mais de R$ 150 mil para elegê-lo.

Daqui por diante, o ex-bicheiro, preso três vezes em flagrante pelo delito, terá que se preocupar com a “Operação Lava-Jato”, da Polícia Federal, por quem é acusado de receber R$ 500 mil em propina da ODEBRECHT, construtora do estádio em Itaquera.

DIVIRTA-SE ABAIXO COM VÍDEO ENVIADO POR ANDRÉ NEGÃO AOS SÓCIOS DO CORINTHIANS, NO MOMENTO QUE INICIARAM-SE AS VOTAÇÕES, AGRADECENDO “À NAÇÃO”, OS VOTOS QUE DELA, HORAS DEPOIS, PERCEBEU NÃO TER RECEBIDO:

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.