Advertisements

Senador Romário pede investigação em empresa parceira do COB em venda de ingressos para Olimpíadas

romario

Por SENADOR ROMÁRIO

A empresa licitada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para os Jogos de 2016, a CTS Eventim, é suspeita de corrupção. A companhia está sendo investigada pelo Ministério Público de Munique, na Alemanha, por ter supostamente colocado 52 mil ingressos no mercado negro na Copa de 2006. A acusação é muito semelhante a da quadrilha desmontada pela Polícia Federal durante a Copa do Mundo deste ano, que vendia ingressos para os jogos a preços exorbitantes.

Estranha foi a resposta do Comitê Olímpico Brasileiro ao jornal O Globo: “— Se um dia houver algum problema, vamos analisar. Não podemos falar de hipótese”, disse o presidente Carlos Arthur Nuzman. A empresa é investigada desde 2009, apesar disso, nada foi encontrado pelo COB sobre a CTS Eventim, antes da licitação.

O Comitê ainda respondeu que não há dinheiro público envolvido na licitação. Isso não é resposta que se dê à sociedade, as Olimpíadas terão um custo altíssimo para o Estado do Rio de Janeiro, pago pelos contribuintes, logo, as pessoas têm o direito de participarem dos jogos a preços justos, sem máfia de ingressos.

Gostaria que os órgãos competentes do nosso País se envolvessem nesta investigação, antes que comecem as ilegalidades e os brasileiros sejam prejudicados.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: