Advertisements
Anúncios

Romário e a CBF

Desde os tempos de deputado, dando sequência como Senador, o baixinho Romário tem atuado de maneira implacável contra os desmandos da CBF.

Ontem, porém, após ter recusado, tempos atrás, ser um dos homenageados da Casa Bandida, em evento de comemoração do título mundial de 1994, o ex-jogador aceitou participar de um amistoso promovido pela entidade, com tema semelhante, reunindo participantes da final entre Brasil e Itália.

Informações dão conta de que uma conversa ao pé do ouvido com Rogério Caboclo, atual presidente da CBF, resolveu a questão.

Aguardemos os próximos capítulos.

É compreensível que Romário, que carregou a Seleção nas costas durante a Copa de 1994, sinta-se tentado a participar de seus momentos gloriosos, mas será inadmissível que, fora isso, aproxime-se de gente como Caboclo, que tem as cordas puxadas, desde sempre, pelo grupo que o Senador sempre combateu durante seu trabalho como político.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: