Advertisements
Blog do Paulinho

Presidente da Argentina coloca empresário de jogadores, acusado de ser mafioso, em importante cargo no Governo

arribas

Com imagem de moralizador, o novo presidente da Argentina, Maurício Macri, opositor ao “kirchnerismo”, inicia seu governo contrariando o próprio discurso.

Por sua indicação, o novo chefe da Agência Federal de Inteligência (espécie de FBI argentino), será o empresário de jogadores Gustavo Hector Arribas (foto), com quem mantém relações desde os tempos em que foi cartola do Boca Juniors.

É absoluto contrassenso.

Arribas foi, por diversas vezes, acusado de integrar uma máfia do futebol responsável por diversas lavanderias de dinheiro, entre os quais do obscuro mundo dos oligarcas russos.

Está entre os cinco empresários que controlam os principais negócios do futebol mundial.

Os outros são Kia Joorabchian, Pini Zahavi, Juan Figer e Jorge Mendes.

O argentino foi responsável, no período MSI, de facilitar as negociações do iraniano para trazer ao Corinthians jogadores como Carlitos Teves, Sebá Domingues, Mascherano e até o treinador Passarela.

Fala-se, embora muita gente duvide, que teria rompido com Kia por divergências no negócio “Sebá” (Joorabchian chegou a acusá-lo de roubar o Corinthians), mas é difícil explicar a proximidade com Pini Zahavi (de quem foi sócio, na HAZ Football), reconhecidamente parceiro comercial (divide escritório, em Londres) do ex-manager da MSI.

Chama a atenção, também, que o agora chefe da inteligência argentina tenha preferido, até há pouco tempo, manter residência no Brasil, mais precisamente, em São Paulo, local do qual, segundo testemunhas, transacionava jogadores para o mundo todo, inclusive operando esquema de desvio de garotos do nordeste (com escala no Uruguai) para obscuros destinos do Leste Europeu.

Com CPF brasileiro nº 059.939.xxx-xx, Arribas mantém registrado, em seu nome, três telefones celulares e cinco fixos do país, além de três endereços: nas ruas Diogo Jacome, e Rua do Rócio (condomínios de luxo) e outro, mais modesto, na rua Aratas.

Há, na Junta Comercial de São Paulo, três empresas em que aparece como proprietário: a citada HAZ, porém com outro complemento: HAZ Sport Agency Agenciamento Esportivo, a Soccer Player Agenciamento Esportivo (antes inscrita como STORM Produções) e a G.H.A Negócios, Participações e Administrações de Bens Ltda (esta com endereço registrado numa de suas residências, na Diogo Jacome).

Em São Paulo, tinha o hábito de jantar com diversos negociadores do futebol (inclusive com um dos donos da Kalunga), além do ex-jornalista e assessor de Kia Joorabchian, Olivério Junior (quase sempre acompanhado do deputado federal e também intermediário de atletas, Andres Sanches (PT)).

Não se tratam, obviamente, de coincidências.

O povo argentino, que depositou, nas urnas, a esperança de mudanças num presidente com retórica de combate a corrupção, assiste, atônito, o próprio indicar para a agencia responsável pela prática do discurso, quem deveria, pelo histórico de vida, ser um dos investigados.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: