Advertisements
Anúncios

As bravatas financeiras do Palmeiras

PVC, em sua coluna na FOLHA, dias atrás, analisou as pendências do Palmeiras, que ultrapassam os R$ 500 milhões, quase um terço do montante devido a CREFISA, de madame Leila Pereira.

Diante da repercussão, em vez de rebater, tecnicamente, a argumentação, a diretoria do clube respondeu com ofensas ao jornalista.

O discurso interno é sempre o mesmo: “devemos R$ 500 milhões, mas arrecadamos R$ 600 milhões”.

A meia verdade pode ser medida pelo avanço das dívidas palestrinas, na mesma situação, ou seja, ano a ano, supostamente, arrecadando mais do que o passivo no período anterior.

A conta não fecha.

Fica claro que, apesar das previsões milionárias de entrada de dinheiro, a gestão financeira e administrativa ultrapassam limites razoáveis, tornando o que seria uma situação, em tese, confortável, numa volumosa bola de neve..

O clube gasta mais do que arrecada.

Além disso, boa parte do que recebe em receita provém, justamente, de sua principal credora, que mantém interesse político na agremiação.

Quem garante que, em perdendo as eleições presidenciais, das quais, todos sabem, Leila será candidata, a torneira não secará?

Em recente desabafo, em festa de final de ano da Crefisa, Madame disse que executaria a pendência no dia seguinte à uma suposta derrota.

Vale lembrar: o dinheiro que o Palmeiras deve ao grupo de Leila está atrelado aos direitos federativos de diversos atletas, o que torna a vida financeira e esportiva do clube ainda mais difícil de ser avaliada.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: