Advertisements

‘Cuidar das pessoas’

Da FOLHA

Por RUY CASTRO

Crivella deve explicações às que votaram nele e hoje estão sem atendimento médico

O bispo Marcelo Crivella, pior prefeito do Rio em todos os tempos, insiste em seu exercício de ódio contra tudo que caracteriza a cidade. Neste último sábado (14), não se deu ao respeito de prestigiar a inauguração da árvore de Natal da Lagoa, atração mantida por particulares, que recebe gente do país inteiro e não custa um real à prefeitura. Há meses, ignorou o Rock in Rio, evento que, durante duas semanas, faz a festa do comércio, hotéis, restaurantes, táxis, ambulantes. Ainda neste ano, Crivella agrediu a Bienal do Livro, a maior do país, despachando um bufão para proibir um gibi e se tornando motivo de chacota internacional. E, desde que assumiu a prefeitura, faz o que pode para sabotar o Carnaval e o Réveillon, festas que só voltarão a ser o que eram quando ele deixar o cargo e se retirar, como sugere um amigo meu, para o raio que o parta.

O notável é que todos esses eventos —que qualquer cidade do Brasil daria tudo para hospedar— revertem em impostos diretos e indiretos para a prefeitura, e que ele aceita sem constrangimento. Donde deveria ser de seu interesse até promover esses eventos, para aumentar seu faturamento. Mas Crivella, ao contrário, dedica-se a torpedeá-los, como se portador de uma espada divina, destinada a expulsar os infiéis do templo —do seu templo. Só que o Rio votou nele para prefeito, não para pastor.

Nas diversas vezes em que diminuiu a verba do Carnaval —ou, como agora, em que ameaça negá-la de todo—, Crivella alegou que a destinaria à saúde e à educação. Mas algo deve ter acontecido com ela a caminho dos hospitais, postos de saúde e clínicas da família, porque o Rio vive neste momento a pior crise de sua história no setor.

Como centralizou sua campanha no mote “cuidar das pessoas”, Crivella deve explicações àquelas que votaram nele e hoje se veem sem atendimento médico.

As que sobreviverem, claro.

Advertisements

Facebook Comments

2 comentários em “‘Cuidar das pessoas’”

  1. Vergonho todos esses pastores, mercadores da fé alheia, lavadores de dinheiro que se meteram na politica em todas as partes. Bancada da biblia que na verdade é a bancada do próprio bolso.

  2. José, o malandro fez a parte dele. Mais vergonhoso ainda foi o bando de otários que votou nesse picareta. Esse pessoal esperava o quê?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: