Coluna do Fiori

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

“Se não houvesse carnaval, nem futebol e nenhuma festa que ludibriasse o povo brasileiro, O Brasil já era um país de primeiro mundo”.

Cello Vieira

—————————————————————-

Segunda Rodada da Série A do Brasileirão – 2014

Sábado – 26/04

Coritiba 0 x 0 Santos

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Não foi exigido; trabalho normal

Palmeiras 0 x 1 Fluminense

Árbitro: Dewson F. Freitas da Silva (PA)

Item Técnico

Foi omisso por ter deixado de sinalizar faltas em lances disputados aquém do aceitável, como principal; não marcou a penalidade máxima cometida pelo palmeirense Lúcio

Item Disciplinar

Deu sorte, fosse partida crucial, teria problemas

Domingo 27/04

Corinthians 2 x 0 Flamengo

Árbitro: Leandro Pedro Vuadem (FIFA/RS)

Item Técnico

Normal

Item Disciplinar

Expulsou corretamente o flamenguista Leo Moura, sem atingir, agrediu a lei do jogo no lance com o corintiano Petros

Grêmio 2 x 1 Atlético Mineiro

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Sem problema

Copa Libertadores da America 2014

Quarta Feira 30/04

Cerro Portenho 0 x Cruzeiro 2

Árbitro: Dario Ubriaco (URU)

Item Técnico

No todo, trabalho coerente

Item Disciplinar

Cartões corretamente aplicados

Copa do Mundo 1014

1

É como diz o ditado: O futebol é uma caixinha de propinas.

Samuel Santos

————————————————————————–

“Justiça”

Regalia para familiares do ministro da Justiça gerou punição ao denunciante

2

Absurdos

3

4

Educação

Uma das aberrações proferidas pelo governador do estado de São Paulo

5

Politica

6

A BOMBA QUE O PT NÃO QUER QUE ESTOURE

Por iniciativa do valoroso e único parlamentar de quem se pode esperar atitudes, o STF se posicionará através de seu ministro presidente sobre o pedido do Senador Álvaro Dias (PSDB-PR) de que sejam revelados todos os meandros dos empréstimos de financiamento de obras no exterior, em especial em Cuba, Venezuela e Angola.

Assim o Sen. Álvaro Dias se pronunciou sobre o caso: “Não se pode admitir que o governo faça empréstimos vultosos sem que aqueles que pagam impostos saibam de

informações como o valor dos empréstimos, o prazo de carência para o seu resgate, taxas de juros. Não vejo outro assunto que revolte tanto a população como saber que o governo empresta dinheiro dos brasileiros para a construção de um porto em Cuba, para o metrô de Caracas, para a construção de uma hidrelétrica na Venezuela, entre outras tantas obras em países controlados por ditadores sanguinários”.

Eu, até então, desconhecia a extensão dos empréstimos e para que eles serviam nesses países. Sabe-se agora que não foi apenas para se construir o Porto de Mariel, em Cuba, que o nosso suado dinheirinho foi empregado. Enquanto São Paulo e, principalmente, Salvador sofrem com a falta de transporte via metrô, o BNDES financia completamente o metrô de Caracas.

Se o ministro Joaquim Barbosa topar a parada – ele teve uma reunião fechada com o Senador tucano, ontem, a esse respeito – a coisa vai feder insuportavelmente para o lado do vigarista de Caetés.

Calcula-se que o desvio de dinheiro público por intermédio desses “empréstimos” é tão grande que o Mensalão será completamente esquecido por ter sido apenas um ‘roubozinho’ sem a “menor importância.

Lembrem-se de que os empréstimos foram feitos em moeda estrangeira, dólares, bilhões deles!

Se o Brasil tiver a sorte de ter como relator da matéria um Luiz Fux ou um Gilmar Mendes, o PT estará com seus dias contados, pois o roubo é tão grande que ninguém é capaz de avaliar o quanto.

Vamos torcer para que seja um desses dois ministros o relator, porque se cair nas mãos de Barroso, Toffoli, Lewandowski ou daquele gaúcho…

Bom, melhor esperar para vermos

O pedido de Álvaro Dias é uma ação direta contra a Presidenta Dilma Rousseff, o ministro Mauro Borges (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Álvaro Dias fez seu pedido ao STF com base na Lei nº 12.527, de 2011, (Lei de Acesso à Informação) que, conforme preceitua seu art. 1º, tem a finalidade de “garantir o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal!”.

Dessa ação judicial dependerá o futuro de Rousseff e seu séquito de ladrões, incluído aí o chefão de todos: Lulalarápio da Silva!

(Lourinaldo Teles Bezerra – O Diário do Poder – Cláudio Humberto)

——————————————————————————————————

Finalizando

Gostaria de uma sociedade mais justa, menos corrupta, com menos hipocrisia, mais digna, com mais amor ao próximo, menos preconceito, menos rancor e principalmente mais paz na alma

Albert Einstein

Chega de Mentiras, de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

sp- 03/05/2014

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.