Advertisements
Anúncios

Ironia do destino: a Ditadura vai derrubar Marin

Quem diria que após anos de serviços à favor de governos ditatoriais e corruptos no Brasil, o presidente da CBF, José Maria Marin, seria derrubado do poder por aqueles que tanto adulava ?

Pois é.

Enquanto beijava as mãos de Generais e policiais torturadores, o dirigente era investigado por eles, dando margem à criação de um Dossiê que lhe deixa, décadas depois, em situação dificílima.

Se o Governo não derrubá-lo do COL cometerá suicídio político.

Nas Federações, antes coniventes caninas de seus desmandos, há gente que trabalha por sua queda.

Os documentos são indiscutíveis e podem ser conferidos, em série publicada pelo UOL (muita coisa ainda virá) nos links abaixo.

http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/04/11/marin-era-ligado-a-ala-radical-da-ditadura-segundo-arquivos-do-regime.htm

http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/04/12/marin-foi-acusado-de-desviar-renda-publica-dizem-arquivos-da-didatura.htm

http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/04/13/marin-usou-politica-para-interferir-no-futebol-dizem-arquivos-do-regime.htm

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

13 comentários sobre “Ironia do destino: a Ditadura vai derrubar Marin

  1. Paulinho, bom dia! Acho que o Marin, independentemente da sua postura à época da ditadura, nunca deveria estar na posição que está na CBF por conta da sua conduta, conduta essa igual ao do seu antecessor. O que me causa repulsa é que instituíram um tribunal via ONG,s patrocinadas pelo PT, que passou a escolher vítimas para serem degoladas, enquanto, pelo mesmo critério, silenciam diante de fatos muito mais graves, como por exemplo, o fato de todos silenciaram diante do José Genuíno e do João Paulo Cunha que assumiram, condenados, a comissão de justiça (?), ou ainda, do jornalista Mino Carta, à época editor da Veja, que publicou matérias elogiando a ditadura e que agora, com a sua Revista Carta Capital, vive às custas dos anúncios das Estatais (mais de 60% dos anúncios). Precisamos tomar cuidado, pois “eles” já entenderam que para tomar conta do país e implantar o comunismo aqui, não é mais necessário, nem possível, se utilizar de armas, como tentaram à época dos militares, basta comprar a imprensa, mentir o tempo todo, comprar o Congresso com o seu Mensalão (ou acha que acabou a compra de votos, visto que o PMDB e outros partidos da chamada base aliada nada mais é do que um bando de vendidos).

  2. Complementando o as colocações do Rubens, na minha opinião estão utilizando através da mídia o tema ditadura para a derrubada do Marin, porém sabemos que a manobra nao tem nenhum foco na justiça contra os ditadores e sim uma muleta para que outros grupos cheguem ao poder com toda a forca que tem: cartolas, celebridades ( com toda a forca publicitaria), políticos (com toda a maquina do governo) e redes de televisão (vislumbrando suas abocanhadas em cotas de transmissão).

    Sou totalmente a favor da comissão da Verdade, mas me entristece a finalidade que ela esta’ sendo posta em pratica para ESTE caso. Porque a mídia nao abriu o espaço ao filho do Herzog em tanto tempo? Quais serão as alternativas para a CBF em detrimento do grupo Sanchez, Ronaldo, Lula e Globo?

    Sinceramente nao vejo saída no pais, vemos claramente pelo futebol onde chegaremos como pais de todos…

    Parabéns ao Paulinho pelo blog, uma das poucas e boas fontes de noticia sobre o mundo esportivo…

  3. o governo só cometeria suicídio político se tivesse alguma vergonha na cara.

    como não tem, vemos genoino e joao paulo na comissão de constituição e justiça, ambos condenados por corrupção pelo STF

    o marin é café pequeno perto dessa turma.

  4. Faço uma proposta a essa tal comissão que dizem ser da verdade:
    Que tal vocês compararem o patrimônio pessoal dos generais, antes e depois dos mesmos terem ocupado a presidência? Depois é só fazer a mesma pesquisa com o Lula. Que o Marin serviu a governos ditatoriais, isto é um fato. Mas, quanto à corrupção………

  5. Isto ai não serve para nada!! É a lei do Retorno!!! Vejam o que certos clubes estão começando a experimentar nos dias de hoje, por conta das safadezas do passado.

    Alguém lembra ou já ouviu falar de Quércia e Wagner Canhedo?

    Pois, então senhores “PREOCUPADOS” com o dinheiro público e que promovem protestos contra clubes tomadores de empréstimos.

    Preparem-se para uma luta terrível, pois vocês como paladinos precisam abraçar esta causa que já levou e levará umas 10 Arenas Corinthians.

    Lutem contra este rombo nos cofres públicos e defendam os ex-funcionários da VASP que foram enganados neste caso.

    Mas, como sei que estes “protestadores” são obtusos ou são “bancados” por tranqueiras e que, por consequência – para manter a origem – são cagões, não dão a menor importância.

    Vamos lá, encontrem o Canhedo e tentem fazer com ele solucione isto que fizeram com a VASP, pois o Quércia já se foi.

  6. Será que os postulantes aos cargos que o Marin ocupa , cbf e col, se preocupam com que seu passado também seja exposto, caso sejam beneficiados pela queda dele?
    Ou até a blindagem já estaria garantida?

    vai faltar pedra para tanto teto de vidro.

  7. Concordo com os comentários do Sr. Ricardo Lopes e Rubens Costa.

    Grande parte da mídia abraçou os bolsos do PT, e os anseios financeiros doados de clubes de futebol, como Corinthians.

    Ao tirarem Marin irão colocar quem?

    Ronaldo Gordo e Andres Sanches?

    Estas pessoas tem qualificação profissional?

    Será que os clubes aceitarão pessoas ligadas diretamente aos gambas da capital?

    A CBF não deve cair nas mãos de analfabetos, que não tem como comprovar seus ganhos pessoais e negociadores de jogadores inescrupulosos.

  8. Essa é para os gambas.

    Uma Grande amiga é assessora de um deputado federal, residente em Brasília, e este lhe teria confidenciado que a abertura do mundial de 2014, será na Capital Federal com o aval da Presidenta Dilma Roussef Tomate.

  9. independentemente da posicáo oficial do Sr marin , hoje na presidëncia da CBF, o que se ve na midia hoje e um procedimento padráo nos antigos regimes comunistas. A total desconstruçao da figura de um individuo. De uma hora para outra estáo sendo lançados na midia pequenos arquivos, pequenas informaçoes , e sendo coladas na biografia do cidadáo. O intuito de tudo isso e muito claro, a conquista do poder.. Nao tenho aqui pretensóes de afirmar qual é a melhor opçao para a situaçao atual. O que me deixa extremamente preocupado é ver essas taticas de regime autoritario sendo aplicadas com o conluio da imprensa, hoje totalmente encabrestada pelo governo federal. Objetivo é claro e compóe-se de alguns passos ,, primeiro desconstroe o inimigo,, prega na sua testa o rotulo de sabujo do regime militar, de quebra passa pra ele a responsabilidade da morte do vladimir herzog,,bate nessa tecla até colar, até o mais simples cidadáo condicionar o nome marin com ditadura, e morte do Herzog. Depois faz-se a quebra da confiança entre ele e os seus votantes. com arquivos de áudio onde o mesmo detona seus pares, causando a quebra da confianca. O proximo passo e politico, isso e , pressionar os dirigentes das federaçoes para mudarem suas posiçoes politicas e de voto, com o argumento que o cidadáo ja era,, e por último e passo final, apresentar o postulante do regime ao cargo,, para que todos votem nele..

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: