Advertisements

“Por amor ou por dinheiro!”

Ontem (26), antes do empate com o Santos, em zero a zero, a facção Gaviões da Fiel protestou contra o futebol apresentado pelo Corinthians, com a habitual, ineficiente e pouco inteligente ameaça:

“Joga por amor ou por terror”

Enquanto ‘escandaliza-se’ com o desempenho de jogadores e treinador, os torcedores seguem ‘passando o pano’ para os dirigentes, responsáveis pelo balcão de negócios alvinegro, limitador da qualidade de elenco.

Empresário parceiro do presidente Andres Sanches, o ex-conselheiro Fernando Garcia, irmão de Paulo Garcia, dono da Kalunga, contrata jogadores às dezenas para o Timão (na base e no profissional), quase todos de qualidade duvidosa.

Na última convocação da Seleção Brasileira, nenhum agenciado de Garcia foi lembrado, demonstrando que seu prestígio, tirando clubes falidos do interior de São Paulo, não ultrapassa os muros do Parque São Jorge.

Ao ser criada, na virada dos anos 60 para os 70, os Gaviões da Fiel surgiram como ‘Força Independente’ e, logo de cara, contrapuseram-se à ditadura de Wadih Helu no Corinthians.

O tempo passou e a decência diminuiu.

Desde que o atual presidente alvinegro, Andres Sanches, assumiu o Corinthians, os Gaviões, já dissociados do idealismo, aceitaram dinheiro de tudo quanto é jeito, seja o ‘oficial’, mas imoral, repasse de arrecadação de uma partida do Timão contra o Guarani, até os informais, tão indecentes quanto as afamadas vantagens da Odebrecht.

Em troca, quando não portam-se como soldados dos poderosos, a eles protegem, veladamente, direcionado protestos aos atletas, poupando a cartolagem, inclusive os que são acusados por crimes diversos nos exercícios de seus cargos no Parque São Jorge.

‘Por amor ou por terror”?

O grito, se direcionado aos Gaviões, para retratar a realidade, deveria ser:

“(Torcer) por amor ou por dinheiro”

Há tempos o vil metal superou qualquer corinthianismo que poderia existir entre os afamados ‘organizados’ alvinegros.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: