Advertisements

Bolsonaro, Ustra e o Capeta

Símbolo máximo da incultura e do charlatanismo religioso, o auto-intitulado ‘bispo’ Edir Macedo dispensa apresentações.

Qualquer governante minimamente sério teria que, se não combatê-lo, dele manter saudável distância.

Jair Bolsonaro elegeu-se com o discurso de tolerância zero contra os malfeitores.

Edir Macedo toma dinheiro dos mais pobres, aproveitando-se da ingenuidade de muitos e da equivocada ‘esperteza’ de outros.

O líder da seita IURD colocou parte desses recursos na campanha de Bolsonaro e o tem protegido pela Rede Record, em ações publicitárias travestidas de jornalismo.

Que o presidente da República, por conta do rabo preso, precise bajular Edir Macedo, é reprovável, mas está inserido nas condutas habituais do jogo político.

Porém, nada justifica o que ocorreu no último final de semana, na sede do afamado ‘Templo de Salomão’, milionária construção, tocada na irregularidade, com dinheiro absolutamente suspeito.

Bolsonaro ajoelhou-se aos pés de Edir Macedo, permitindo que o lamentável expusesse, publicamente, novos discursos de malandragem.

O presidente desceu ao nível máximo da falta de escrúpulos, sabedor de que estava prestigiando renomado estelionatário da fé, ou é ignorante ao ponto de, verdadeiramente, deixar-se enganar pelo sujeito ?

Apesar de que, pensando bem, existe coerência no fato de um defensor do torturador Ustra sentir-se atraído pela conversa do Capeta.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Bolsonaro, Ustra e o Capeta”

  1. “Vídeo indisponível

    Este vídeo apresenta conteúdo de Igreja Universal do Reino de Deus e foi bloqueado por esse proprietário com base nos direitos autorais.”

    A seita é forte hein. Por que proibir a palavra do ‘bispo’ de ser propagada e vista?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: