Advertisements

O ódio da vice-presidente do Corinthians

Andres Sanches e Edna Murad

Em mensagem difundida pelas mídias sociais, a vice-presidente do Corinthians, Edna Murad, criticou, com razão, a utilização da camisa do Corinthians pelo presidente Jair Bolsonaro, exposta, publicamente, semanas atrás.

De fato, a trajetória de ambos não combina.

Porém, no mesmo desabafo, Murad revelou traço de personalidade que justifica sua inserção na gestão Andres Sanches.

A vice-alvinegra incitou torcedores a darem “um cacete bem grande” na pessoa responsável pela entrega do presente ao presidente.

Nada justifica a violência.

Ao sugeri-la, Murad, em vez de chamar a atenção, como deveria, ao populismo auto-desmoralizante do governante (a quem tratou como “Porco”), passa a agir como a pessoa criticada, demonstrando intolerância com a divergência.

Sem contar a incitação ao crime, neste caso previsto pelo Art. 286 do CP:

“Incitar, publicamente, a prática de crime. Pena: detenção, de três a seis meses, ou multa”

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: