Advertisements
Anúncios

Leco e os desvios de jogadores do São Paulo para Portugal

Desde algum tempo, jogadores das categorias de base do São Paulo estão sendo desviados para o Portimonense, de Portugal.

No clube, para avalizar a operação, os cartolas dizem tratar-se de ‘parceria’, que os atletas adquirem experiência, etc.

Em verdade, o objetivo é expor a ‘mercadoria’ no mercado europeu.

Retira-se do jogador a possibilidade de vestir a camisa do clube para tentar, ainda em idade adolescente, negócios interessantes aos intermediários, que, posteriormente, podem ou não remunerar dirigentes.

Somente o ‘resto’, aquele atleta que não interessou a ninguém, talvez retorne ao Tricolor.

O ‘esquema’, desde 2014 (período de transição entre as gestões Carlos Miguel Aidar e Leco), é comandado pelo agente Thiago Fonseca, que trabalhou com o uruguaio Juan Figger por mais de duas décadas, generoso xodó da cartolagem Tricolor.

Nos últimos meses, mais de uma dezena de jogadores do São Paulo foram desviados ao Portimonense, entre os quais Lucas Fernandes, Cassio, Léo Navacchio, Lucas Possignolo, Vítor Tormena, Marcel Pereira, Dener e Paulinho Bóia.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: