Advertisements

Os “fungos” de Andres Sanches

Desde 2014 (período da inauguração do estádio), o torcedor do Corinthians sempre orgulhou-se de possuir, na Arena de Itaquera, um dos melhores gramados do planeta.

A mistura de grama artificial com natural é mais cara do que as existentes noutras praças esportivas brasileiras e requer cuidados específicos, muitos deles realizados por via remota, em galerias localizadas sob o piso.

Trata-se, obviamente, de um custo alto (fala-se no dobro do que é gasto pela concorrência), mas previsto no planejamento de quem encomendou um estádio de primeiro mundo, sem, porém, conseguir, por incompetência, gerar receita suficiente para a devida manutenção.

Após cinco anos de apresentação impecável, frequentadores da Arena assustaram-se ao presenciar, apesar de recém colocado (anualmente o piso é trocado), um gramado em condições muito ruins.

Até mesmo a drenagem, que nunca havia falhado em Itaquera, se viu em apuros em recente partida do Corinthians contra a Ponte Preta, deixando expostas poças d’água em diversos pontos.

Fonte com acesso à gestão Andres Sanches esclareceu a dúvida, ontem, em conversa com o blog:

“Paulinho… o clube estava sem dinheiro e mandaram colocar um gramado diferente do que era utilizado nas outras vezes… nitidamente inferior…”

“É a chamada economia burra, porque vai ter que gastar com reposição e manutenção muito antes do que o habitual”

No último sábado, durante entrevista coletiva, o presidente do Corinthians, Andres Sanches, ao ser questionado sobre a má-qualidade do gramado respondeu que “fungos” haviam instalado-se por lá, e que seriam devidamente combatidos.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: