Advertisements
Anúncios

‘Site Bandido’ defende gestão da CBF no futebol feminino

O Futebol Interior, afamado nos bastidores da bola como ‘site bandido’, publicou, ontem, defesa dos procedimentos da CBF na administração do futebol feminino.

Marco Aurélio Cunha, diretor da Casa Bandida e seu treinador de estimação, o vulgo ‘Vadão’, apesar do trabalho extremamente criticado, foram exaltados.

Diversas denúncias, formalizadas em delegacias de polícia, no MP-SP, na Justiça e até na CPI do Futebol, dão conta de que para ser elogiado do Futebol Interior, existe a necessidade de pagamento de ‘mensalidade’.

Recentemente, o treinador João Telê, ligado ao Guaratinguetá, formalizou queixa por extorsão contra Arthur Eugênio Mathias, um dos donos do site (os demais são Elcio Paiola e Edgard Soares), relatando que passou a ser esculhambado na publicação após recusar-se a pagar pela ‘proteção’.

Essa espécie de milícia digital possui diversas vítimas conhecidas e, apesar de denunciada e atuante há mais de uma década, parece contar com a cegueira das autoridades ou, talvez, coisa pior.


Confira, no link a seguir, a ‘matéria’ do Futebol Interior exaltando o trabalho de Marco Aurélio Cunha e Vadão:

https://www.futebolinterior.com.br/futebol/Copa-do-Mundo—Feminina/Unica/2019/noticias/2019-06/apos-queda-da-selecao-feminina-comentarista-da-globo-comete-sexismo

 

 

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: