Advertisements

Gestor do Figueirense joga atletas contra conselheiros ao justificar atraso de salários

Claudio Honigman

Ontem à tarde, os jogadores do Figueirense, através dos atletas Dênis, Toni e Zé Antônio, há tempos com salários atrasados, escutaram da boca do assessor de imprensa, Bruno Ribeiro – que falava em nome do gestor Claudio Honigman, a informação de que não há previsão para quitação das pendências.

O discurso foi de que as contas do clube estão bloqueadas e que conselheiros estariam trabalhando para inviabilizar entrada de novos recursos.

Após saber detalhes do bate-papo, o presidente do Conselho Deliberativo, Francisco de Assis Filho, o Chiquinho, indignou-se.

Caldeirão que deverá ferver ainda mais na próxima reunião dos conselheiros, em que a postura será revelada e cobrada, publicamente.
Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: