Advertisements
Anúncios

Conversas por whatsapp comprovam esquema do Figueirense com agente Eduardo Uram

Honigman em restaurante com Ricardo Teixeira e Sandro Rosell (encoberto na imagem)

O Blog do Paulinho tem revelado, há alguns dias, detalhes da relação promíscua entre a diretoria do Figueirense e o agente de jogadores Eduardo Uram, conhecido pela generosidade com os dirigentes que lhe acolhem.

Em resumo: o presidente do clube, Claudio Honigman, estaria obrigando atletas, profissionais e da base, a desvincularem-se da agremiação e acertarem contrato com o Tombense (clube barriga de aluguel de Uram), para, na sequência, retornarem ao Figueira, oficialmente, “emprestados”.

Os que se recusam seriam ameaçados.

Objetivando manter-se afastado de eventuais problemas, Honignam, com a esperteza de quem dividiu mesas de reuniões com Ricardo Teixeira, Sandro Rosell e o doleiro Alberto Youssef, utiliza-se do diretor Fernando Kleimmann para viabilizar as conversas, acertos e operações.

Para comprovar a suspeita, revelaremos duas conversas, mantidas por wathsapp (com os respectivos prints dos celulares), que mais parecem retiradas de filmes de Copolla, mas ocorreram nos bastidores do Figueirense.

A primeira, entre Claudio Honigman e um dos assessores de Eduardo Uram:


Diz Claudio Honigman ao assessor do agente Eduardo Uram:

“Bom dia. Assinei renovação (de) Brunetti até 31/12/2020. É isso ?”

Responde o assessor:

“Perfeito! Só falta agora o contrato particular… de comissão futura e bônus do atleta”

Honigman reclama, mas deixa claro sua “lealdade”:

“Pilantra no Nassif disse que tem gente da Europa de olho nele”

“Eu não falo com ele! Via Kleinmmann, só falo com você e com Uram. Ninguém mais”

O assessor alerta:

“Ahhh! Sabe o que está faltando (ao) Brunetti, a questão da cidadania”

O presidente do Figueirense o acalma:

“Vamos fazer, Falamos sexta”


Agora a conversa é entre o citado agente Maurício Nassif e um parente do jogador Brunetti:


O familiar revela ameaça de Honigman:

“Hoje ele (Honigman) ameaçou o moleque de se não trocar de empresário não joga mais. Piada, né ?”

Maurício Nassif:

“Que cara escroto. Por que ele brigou contigo se você renovou lá ?

O parente detalha o esquema:

“Por que ele queria vender pro Uram 50% e eu não aceitei”

“Não vou ficar na mão dos outros”

“Depois da cagada de TPO e o moleque é que se fode”

“Porque quando deu no Maidana (famoso caso de fraude em transferência) não aconteceu nada com o São Paulo, mas o moleque ficou “fudido”, sem jogar”


O “batom na cueca” está devidamente localizado.

Resta saber quando, e se, os conselheiros do Figueirense reagirão, antes que a situação, já complicada, torne-se absolutamente irrecuperável.

Print do celular de conversa do presidente Claudio Honigman
Conversa entre Mauricio Nassif e o parente do jogador Brunetti
Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: