Advertisements
Anúncios

Corinthians quebra contrato com Caixa e BNDES ao doar ingressos para o BMG

O Blog do Paulinho revelou, ontem (13), que o contrato de patrocínio firmado entre Corinthians e BMG obriga o clube, entre outras coisas, a ceder quase R$ 2 milhões, anuais, em ingressos de suas partidas como mandante para a diretoria do parceiro.

Corinthians cederá quase R$ 2 milhões em ingressos ao BMG, o banco do Mensalão

Trata-se, porém, de flagrante irregularidade.

Acordo anterior, firmado entre Corinthians, Caixa e BNDES, obriga o Timão, como garantia do empréstimo para a construção da Arena de Itaquera, a repassar qualquer quantia arrecadada nessas partidas (entradas de jogos, venda de camarotes, alugueis de espaços comerciais, etc.) ao Arena Fundo, gestor financeiro do negócio.

O clube não possui direitos sobre esses ativos, que, se utilizados para qualquer tipo de finalidade que não a indicada nos contratos do estádio podem ser tratados, em tese, como apropriação indébita, ocasionando graves problemas jurídicos, entre os quais a possibilidade de rompimento sumário do acordo.

Nesta hipótese, a dívida da Arena teria que ser quitada à vista.

Até o patrocínio do BMG entraria na “dança”, tornando-se nulo de direito.

A confusão, mais uma ocasionada pelos desmandos do desgoverno Andres Sanches – Luis Paulo Rosenberg, precisa ser esclarecida, seja em reunião do Conselho Deliberativo ou, mais rapidamente, pela Comissão de conselheiros, nomeada, recentemente, para tratar sobre assuntos do estádio de Itaquera.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: