Advertisements
Anúncios

Corinthians cederá quase R$ 2 milhões em ingressos ao BMG, o banco do Mensalão

Luias Paulo Rosenberg, Andres Sanches e Matias Ávila

O BMG, que já participava da vida esportiva e financeira do Corinthians desde 2007, em transações de jogadores e também emprestando dinheiro, por vezes com as duas operações casadas, fechou grande negócio ao patrocinar a camisa alvinegra pelos próximos anos.

Além de pagar R$ 12 milhões anuais pelo espaço mais caro do futebol brasileiro (menos do que a arrecadação de uma partida do clube na Arena de Itaquera), mísero R$ 1 milhão mensal, dividindo 50% dos lucros de um pacote de produtos bancários que, até o momento, não saiu do vermelho, seus dirigentes incluíram benesses diversas no acordo, entre as quais a exigência de 50 entradas de camarotes centrais (os mais caros) em jogos que o Timão for o mandante.

Os preços das entradas nesses setores variam de R$ 300 a R$ 1,5 mil.

Levando-se em consideração que a cúpula do banco, bem relacionada com dirigentes alvinegros, não ficaria em locais pouco luxuosos, mas também deixaria de se expor no mais caro (o de R$ 1,5 mil, com piscina), tomaremos como base de cálculo o valor de R$ 1 mil, condizente com a operação.

O Corinthians, em 2018, mandou 39 jogos na Arena de Itaquera (em períodos de vacas gordas, poderiam ser ainda mais).

Na soma geral, R$ 1,95 milhões em ingressos beneficiariam os dirigentes e convidados do BMG, que, fora isso, também previsto em contrato, obtiveram direito de ganhar camisas do Corinthians e adentrarem ao gramado, em setor especial, com acesso livre a fotos e autógrafos com jogadores.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

1 comentário em “Corinthians cederá quase R$ 2 milhões em ingressos ao BMG, o banco do Mensalão”

  1. Ué, Paulinho, se é o “espaço mais caro do futebol brasileiro”, porque, como você mesmo mostra, a adesão aos produtos do BMG (que depende só da torcida, não da diretoria) é um fracasso retumbante? Porque o Corinthians só consegue patrocínio acima da média quando via conexões escusas, tipo o da Caixa? Você pode repetir essa mentira quantas vezes quiser que não vai virar verdade. Tipo a tal audiência fantástica do Corinthians que, em verdade, não é nada de especial comparada aos outros grandes paulistanos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: