Advertisements

Coluna do Fiori

fiori - dicunto

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

apito limpo

“Muitos homens, como as crianças, querem uma coisa, mas não as suas consequências”

José Ortega y Gasset – foi um ensaísta, jornalista , ativista político e amplamente considerado o maior filósofo espanhol do Século XX

————————————————————

SAFESP – Eleições 2019

Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo

Publicado no Diário Oficial, como também: na pagina A14 do Jornal Agora do dia 22/02/2019

O prazo máximo para inscrição das chapas será de até 07 (sete) dias a contar da data da publicação do presente Edital e deverá ser feita na sede da secretaria do sindicato. Em caso de empate no número de votos válidos, nova eleição será marcada para o dia 03/04/2019 no mesmo local e horário. A Comissão Eleitoral decidiu também que não haverá voto por correspondência.

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ELEITORAL

– Presidente:         

Bruno de Aquino Godoy – Sócio nº 2346

– Secretário:         

José Sechele Neto – Sócio n°: 352

– Membro:            

Gilmar Alves da Silva – Sócio nº 2.098

Art. 2º: As decisões da Comissão Eleitoral serão tomadas por maioria simples de votos e seus poderes iniciam-se no ato desta divulgação e se extinguirá com a posse da Diretoria eleita.

Regimento Eleitoral

Do constante neste item destaco o inserido na Secção II – Art. 5 que expõe sobre inelegíveis:

Alguns destes:

  1. a) – Houver lesado o patrimônio de qualquer entidade
  2. b) – Tenha desprestigiado o sindicato ou propagado o espirito dissociativo entre a categoria
  3. c) – Seja dirigente ou tenha funções em empresas ou associações de arbitragem não reconhecida pelo SAFESP
  4. d) – Candidatos à presidência e diretor de finanças (tesoureiro) que esteja em atividade no futebol profissional
  5. e) – Não residir na cidade alicerce da instituição

Concorrentes

No término do prazo consumou-se a inscrição de duas chapas encabeçadas por candidatos a presidente e vice:

Chapa 02:  Somos todos SAFESP

Presidente: Arthur Alves Junior

Vice: Carlos Donizeti Pianosqui

Chapa 01: SAFESP é dos árbitros      

Presidente: Aurélio Sant Anna Martins

Vice: Regildenia de Holanda Moura

Nota

Observando o regimento acima descrito, comparando com o encravado no item Processo eleitoral do estatuto social do SAFESP ano 2003, encontrei:

“Para os cargos de presidente, vice-presidente e diretor financeiro, somente poderá disputar árbitros e assistentes que tenham encerrado suas atividades no futebol profissional”

Meu opinar

A chapa que tiver um dos componentes enquadrados em um dos itens da ilegibilidade; será impugnada

————————————————————

8ª Rodada da Série A1 do Paulistão 2019

Sábado 23/02

Palmeiras 0 x 0 Santos

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza

Item Técnico

1º – Em lance de sua responsabilidade, pós-cobrança de falta determinou escanteio para a equipe santista, que viu ter sido tiro de meta pro palmeiras; este fato incitou reclamações do palmeirense Weverton, findado com cartão de advertência;

2º – Deixou de marcar e inverteu algumas faltas;

3º – Com partida paralisada, ocorreu pequeno entrevero, sob suas vistas deixou passar batido o tapa dado pelo santista Gustavo Henrique, na face do oponente Moisés

Prejudicou

A equipe santista por não ter marcado a penalidade máxima cometida por Gustavo Gomes defensor palmeirense tocou a mão na bola

Completando

Partindo do principio que altíssimo taxa das cobranças de penalidades terminam no fundo da rede, indiretamente, Flavio Rodrigues de Souza teve influencia no resultado

Item Disciplinar

Cartão Amarelo: 02 para palmeirenses (dentre estes o recebido pelo goleiro Weverton) e 03 para santistas

Domingo 24/02

São Paulo 0 x 0 Red Bull Brasil

Árbitro: Luiz Flavio Oliveira

Item Técnico

Acertou quando mandou seguir o lance de bola na mão de bola na mão de um dos defensores são-paulinos acontecidos no interior de sua área

Item Disciplinar

Cartão Amarelo: 04 para defensores do Red Bull Brasil

Cartão Vermelho: Correto para o são-paulino Gonzalo Carneiro por ter dado violenta pegada no oponente Rafael Bruno

Reparou

Após falta marcada Luiz Flavio Oliveira erroneamente advertiu Gonzalo com cartão amarelo; chamado à atenção por defensores da equipe do Red Bull, se achegou até o lesionado, viu o tamanho da lesão, tirou o vermelho do bolso, expulsou o são-paulino

Botafogo 0 x 1 Corinthians

Árbitro: Raphael Claus

Item Técnico

Aceitável

Item Disciplinar

Cartão Amarelo: 01 para defensor botafoguense e 02 para corintianos

Cartão Vermelho: Correto para Plinio Marcos, defensor do Botafogo

———————————————————-

Política

Avanços e tropeços

Bolsonaro reforça liderança, recebe jornalistas e admite negociar reforma, mas…

Aos poucos, mas claramente, o presidente Jair Bolsonaro vai entendendo algumas premissas básicas do cargo, mas é aos poucos mesmo. Ele reluta, reclama de conselhos, ameaça não mudar nada e vai cedendo, mas mantendo a teimosia, ou uma implicância desnecessária e seletiva que não ajuda em nada.

Depois de nomear um líder inexpressivo na Câmara, Major Vitor Hugo, e um neoaliado no Senado, Fernando Bezerra, Bolsonaro, enfim, acertou com a líder do governo no Congresso. A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) é neófita no Parlamento, meio estabanada, mas tem algo que falta aos outros dois: liderança, personalidade, acesso direto ao Planalto. Dizem que chama o presidente de “Jair”.

É capaz, até, de fazer o que nenhum outro integrante da base aliada ao Planalto faz: bater de frente com o 03, o deputado Eduardo Bolsonaro. Vivem aos tapas e beijos, mas não rompem e estão ambos empenhados em ajudar Bolsonaro, o governo e a aprovação da “Nova Previdência” – apesar de declarações antigas dele contra a reforma. Mas o pai também era contra. Isso é passado. Poder é poder.

Ontem, Joice Hasselmann já teve de apagar um início de incêndio, depois que Bolsonaro admitiu ceder em pontos da reforma, como a idade mínima para mulheres (de 62 para 60 anos) e as mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC). O mercado reagiu mal e o pior foi o susto da área econômica.

Na quarta, Joice se reuniu com Paulo Guedes, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre. Ontem, já estava desde cedo com o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. E coube a ela lembrar que, se tirar receita de um lado, vai ter de compensar de outro. Qual? O fato é que a conta de Guedes, de mais de R$ 1 trilhão, tem de fechar.

Outra questão é como vai se materializar o pragmatismo da nova líder para negociar com o Congresso: vem aí distribuição de cargos de segundo e terceiro escalões? Liberação de emendas parlamentares? Projetos camaradas para a base aliada?

Caindo na real, após dois meses de mandato, Bolsonaro também começou a perceber que é bacana, e pode até ser divertido, governar com os filhos via redes sociais, mas isso não é tudo e pode ser perigoso. Redes sociais que aplaudem também apedrejam.

Assim, Bolsonaro inaugurou ontem algo comum em qualquer governo: conversas com jornalistas. É quando os presidentes abrem o coração, explicam suas decisões, projetam os próximos passos para os responsáveis pela cobertura e pela análise política. Olho no olho, tornam-se personagens de carne e osso, com seus defeitos e qualidades.

É inexplicável que tenha deixado de fora jornalistas do Estado, da Folha e do jornal O Globo. Isso lembra Lula, que começou discriminando um jornalista daqui, outro dali, e, no fim, metia no Planalto ou no Alvorada até os tais “blogs sujos”, braços armados do PT na internet. Com Dilma, era pior. Assim como desdenhava a política, ela desdenhava o jornalismo.

Bolsonaro não disse que faria tudo diferente? Deveria começar com o tratamento igual da mídia, lembrando que há repórteres que passam dias inteiros no Planalto, cobrem os presidentes e os ministros do núcleo duro do poder e devem ser respeitados, levados em consideração e bem informados. Além de precisar de notícias, eles precisam entender a notícia.

Todo governo tem dificuldades no começo, mas Bolsonaro, como diz FHC, está exagerando. Até quando acerta, dá um jeito de atrapalhar o acerto. Os filhos e os ministros da Educação, das Relações Exteriores, dos Direitos Humanos e do Meio Ambiente também não ajudam e pegou mal Sérgio Moro desconvidar a prestigiada cientista política Ilona Szabó para um conselho da Justiça. O governo tem muito a melhorar.

Publicado no Estadão do dia 01/03/2019 – Articulista: Eliane Cantanhêde

———————————————————–

Segunda vez

Por imposição do presidente Jair Bolsonaro e soberanos, o ex-juiz e ministro da defesa Sérgio Moro voltou atrás na nomeação da especialista em segurança publica Ilona Szabó que havia indicado para ser membro suplente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciaria

Caia fora

Enquanto é tempo nobre e conceituado ministro Sergio Moro

————————————————————

Terminando

“Encare de frente, seja forte, tenha personalidade e se mantenha sempre de cabeça erguida para seguir o seu caminho, protegendo assim a sua índole”

Citação de: Luan Gleisson

————————————————————

Chega de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

SP-02/03/2019

Confira abaixo o programa “COLUNA DO FIORI”, desta semana, que foi ao ar em nosso canal do YouTube.

Nele, o ex-árbitro comenta assuntos, por vezes, distintos do que são colocados nesta versão escrita:

*A coluna é também publicada na pagina Facebook:  “No intervalo do Esporte”

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Coluna do Fiori”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: