Advertisements
Anúncios

Black Bloc ? Bolsonaro atirou pedra no exército em protesto contra FHC ?

Apesar das Forças Armadas apoiarem, por oportunismo, a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência, a relação entre as partes nunca foi um mar de rosas.

O problema mais famoso, a tentativa de ato terrorista contra o exército e também a cidade do Rio de Janeiro, ocasionou a prisão do capitão, que, depois, foi absolvido por Tribunal Militar, apesar de laudo da Polícia Federal (exame grafotécnico) atestar sua efetiva participação na emboscada.

É pouco lembrada, porém, outra aparente insubordinação de Bolsonaro, ocorrida em março de 1995.

Nesta data, como se fosse “black bloc”, a quem o capitão, em regra, adjetiva como bandidos, o então deputado federal participou de manifestação contra o início do Governo FHC, que, como Presidente da República, era seu superior, chefe das Forças Armadas, conforme prevê a Constituição.

Reportagem da FOLHA, de 18 de março de 1995, mostra que os manifestantes atiraram pedras nos soldados, que reagiram com bombas de efeito moral, gás lacrimogênio, tiros para o alto e, provavelmente, muita “borrachada”.

Em meio ao caos, Bolsonaro subiu em carro de som e tentou justificar, tratando FHC como “Presidente Imoral”.

(FOLHA, 18 de março de 1995)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: