Advertisements
Anúncios

Black Bloc ? Bolsonaro atirou pedra no exército em protesto contra FHC ?

Apesar das Forças Armadas apoiarem, por oportunismo, a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência, a relação entre as partes nunca foi um mar de rosas.

O problema mais famoso, a tentativa de ato terrorista contra o exército e também a cidade do Rio de Janeiro, ocasionou a prisão do capitão, que, depois, foi absolvido por Tribunal Militar, apesar de laudo da Polícia Federal (exame grafotécnico) atestar sua efetiva participação na emboscada.

É pouco lembrada, porém, outra aparente insubordinação de Bolsonaro, ocorrida em março de 1995.

Nesta data, como se fosse “black bloc”, a quem o capitão, em regra, adjetiva como bandidos, o então deputado federal participou de manifestação contra o início do Governo FHC, que, como Presidente da República, era seu superior, chefe das Forças Armadas, conforme prevê a Constituição.

Reportagem da FOLHA, de 18 de março de 1995, mostra que os manifestantes atiraram pedras nos soldados, que reagiram com bombas de efeito moral, gás lacrimogênio, tiros para o alto e, provavelmente, muita “borrachada”.

Em meio ao caos, Bolsonaro subiu em carro de som e tentou justificar, tratando FHC como “Presidente Imoral”.

(FOLHA, 18 de março de 1995)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: