Advertisements
Anúncios

Apoio de gerente do futebol feminino do Corinthians a Bolsonaro revolta departamento

Em mídia social, Camila Galimberti Gozzi, gerente do departamento de futebol feminino do Corinthians, explicitou apoio a Jair Bolsonaro, candidato a presidente do Brasil.

A atitude gerou enorme revolta entre jogadoras, conselheiras e associadas alvinegras.

Daniela Neri, filha do conselheiro José Antonio Avenia Neri, ligado a Andres Sanches, desabafou:

“Rejeitamos o Juninho por ter agredido a namorada e aceitamos uma gerente de futebol feminino que defende aquele que não respeita as mulheres ?”

“Cadê o #respeitaasminas”

José Neri e Daniela Neri

Iniciou-se, então, um bate-boca dela com pessoas da gestão, que queriam abafar o problema.

Soubemos, atletas do clube querem o afastamento da gerente.

A indicação de Camila teve aval do presidente Andres Sanches, de sua vice, Edna Murad e do diretor Marcio “Seboso” (ambos aparecem na foto abaixo), que, até o momento, não se manifestaram sobre o assunto.

 

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

3 comentários sobre “Apoio de gerente do futebol feminino do Corinthians a Bolsonaro revolta departamento

  1. cada um vota em quem quer em quem desejar democracia onde a história do clube tanto prega é isso

  2. FOGO AMIGO. POR POLITICA OS VENAIS APOIADORES DO ESPANHOL SE ESPANCAM NAS REDES. O QUE IMPORTA SERIA É SE A MOÇA É COMPETENTE OU NAO. NA PAGINA DELA ELA ESCREVE O QUE QUISER. OU NAO ???? ESPERO QUE JA NAO TENHAM FRITADO A MOÇA. PAULINHO, QUEM VOCE VAI VOTAR PRA PRESIDENTE ??? ESPERO QUE NAO SEJA NO POSTE DO BANDIDO

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: