Advertisements
Anúncios

Polícia constata fraude em isenções a sócios do Santos que podem decidir impeachment do presidente

A Delegacia de Investigações Gerais de Santos, fomentada por denúncia, realizada na última sexta-feira (21), do executivo jurídico do Santos, Rodrigo Gama, comprovou a existência de fraude no cadastro de sócios com direito a votar, semana que vem, no processo de impeachment movido contra José Carlos Peres, presidente alvinegro.

Isenções foram concedidas, sem autorização da tesouraria, obrigatória segundo o Estatuto.

Quatro funcionários, ouvidos na delegacia, entre os quais uma senhora que teve a senha utilizada, sem seu conhecimento e consentimento, para viabilizar a confecção de boletos com desconto de 100%, confirmaram as irregularidades.

O nome do vice, Orlando Rollo, segundo fontes, teria sido citado por dirigentes do clube, como possível estimulador de uma operação orquestrada, que, se confirmada, poderá ser enquadrada nos crimes de fraude, falsidade ideológica e estelionato.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

1 comentário sobre “Polícia constata fraude em isenções a sócios do Santos que podem decidir impeachment do presidente

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: