Advertisements
Anúncios

Marin teria criado a “Série D” do Brasileirão para premiar lealdade do presidente da Federação Pernambucana

José Maria Marin e Evandro Carvalho

Em entrevista ao Jornal do Commercio, Evandro Carvalho, presidente da Federação Pernambucana, que será ‘reeleito” hoje para mais quatro anos de mandato, entre diversos assuntos, enalteceu sua proximidade e lealdade ao ex-presidente da CBF, José Maria Marin, que cumpre pena de prisão por corrupção, nos Estados Unidos.

Mas revelou, talvez em deslize, um dos “benefícios” da amizade, que, segundo o cartola, existia desde antes da convivência no futebol:

“Quando eu assumi, Ricardo (Teixeira) ainda tinha dois a três meses de mandato. Tivemos a crise no Santa Cruz que ficou sem série para jogar”

“As pessoas sabiam da minha relação, antes mesmo do futebol, de outras atividades, com (José Maria) Marin, então vice-presidente”

“Pouco tempo depois, Ricardo saiu e Marin assumiu”

“Antônio Luiz Neto (presidente do Santa Cruz à época) me pediu desesperadamente que, de qualquer maneira conseguisse criar alguma atividade, alguma série, alguma faixa onde pudesse jogar”

“Ao lado de Antônio Luiz Neto e Albertino dos Anjos (ex-diretor de futebol do Santa), conseguimos criar a Série D para o Santa Cruz não ficar oito meses sem jogar”

“Conseguimos com Marin que todas as despesas fossem pagas, porque a CBF, até então não pagava nada de Série C e Série D”

“Foi a ‘mega-sena’ dos clubes menores ou grandes clubes que estavam em dificuldades, como o Santa Cruz”

Na gestão de Evandro Carvalho, os clubes de Pernambuco conheceram o “fundo do poço”, com quatro rebaixamentos no período de três anos, sem nenhum acesso (contadas todas as divisões).

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: