Advertisements
Blog do Paulinho

Bolsonaro e Arthur do Val são o retrato do homem médio brasileiro

Da FOLHA

Por MARILIZ PEREIRA JORGE

Deputado deu de cara com a parede de tolerância zero erguida pelo movimento feminista

Para quem tem boa memória, o episódio protagonizado pelo deputado estadual Arthur do Val é só um revival ainda mais grotesco do que aconteceu na Copa da Rússia, em 2018.

Torcedores brasileiros se aproveitaram da simpatia das mulheres do Leste Europeu, tão alardeada pelo membro do MBL, para abraçá-las e gritar “buceta rosa”, enquanto elas sorriam sem entender o assédio que sofriam. Dias depois, mais de dez homens interromperam o trabalho de uma jornalista estrangeira aos gritos de “chupar xoxota é uma coisa linda”.

Diferentemente do que aconteceu na Copa, quando os acontecimentos foram encarados por muita gente como “brincadeiras”, é um avanço que a opinião pública tenha se unido. Direita e esquerda, conservadores e progressistas entenderam a atitude do deputado como o que ela representa: misoginia, racismo e falta de decoro parlamentar.

A guerra na Ucrânia talvez tenha trazido alguma humanidade, inclusive às pessoas que tratam as mulheres como cidadãs de segunda categoria. Ou nem tanto. Jair Bolsonaro, que classificou a fala de Arthur do Val como “asquerosa”, disse nesta terça (8), Dia Internacional da Mulher, que estamos “praticamente integradas à sociedade”.

É o mesmo Jair que disse usar dinheiro público para “comer mulher”. O mesmíssimo que não estupraria uma deputada por ela ser “feia”. Aquele para quem o nascimento de sua única filha foi uma fraquejada. O Jair que dançava ainda ontem um funk que compara mulheres de esquerda a cadelas.

Bolsonaro e Arthur do Val são o retrato do homem médio brasileiro. A diferença entre os dois é que Bolsonaro vem de uma geração em que o machismo era não só admitido como celebrado. O segundo deu de cara com a parede de tolerância zero construída pelos movimentos feministas que ambos desprezam. Sem os quais, os dois estariam livres para abraçar os parças e gritar “buceta rosa” ou qualquer coisa que o valha.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: