Advertisements
Anúncios

Em jogo de equipes reservas, Bélgica bate Inglaterra e quebra tabu que durava mais de oito décadas

O time reserva da Bélgica demonstrou ser mais qualificado do que a equipe alternativa da Inglaterra e venceu a última partida da fase de grupos da Copa do Mundo por um a zero, com direito a quebra de tabu que durava mais de oito décadas.

Precisamente 82 anos, um três a dois, em 09 de maio de 1936.

A primeira etapa teve os ingleses com a posse de bola, mas as melhores jogadas foram belgas, que, com mais habilidade, conseguiam superar as defesa adversária.

Duas oportunidades de gols da Bélgica foram salvas por zagueiros da Inglaterra em cima da linha.

Porém, no que era mais importante, já que as equipes disputavam a primeira colocação do grupo empatadas em quase todos os quesitos, menos no fair-play, em que os ingleses tinham um cartão amarelo a menos, os belgas bobearam.

Tielemans e Dendoncker levaram mais dois, ampliando a vantagem do oponente.

Na segunda etapa, a superioridade técnica da Bélgica se fez presente e, aos 5 minutos, Januzaj recebeu na área, driblou o marcador numa espécie de “elástico” e bateu cruzado, no ângulo direito adversário.

Um golaço !

Daí por diante a Inglaterra partiu com tudo para o ataque, mas seu ataque reserva, sem a mesma qualidade do titular, falhava demais nas finalizações.

Na mais relevante, aos 20 minutos, Rashford recebeu livre, cara a cara com o goleiro, mas chutou para fora.

Nos últimos cinco minutos, em contragolpes, a Bélgica perdeu dois gols feitos.

Com este resultado, os belgas enfrentarão o Japão com absoluto favoritismo, enquanto a Inglaterra terá pela frente a Colômbia, num embate de prognóstico aberto.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: