Advertisements
Anúncios

Portugal e Espanha sofrem para confirmar classificações às oitavas

No jogo de pior arbitragem da Copa do Mundo  (o juiz conseguiu olhar o VAR três vezes e errar a decisão em todas), Portugal sofreu para se classificar ao empatar com o Irã, em um a um, e quase sofrer o gol da eliminação nos minutos finais.

Os portugueses dominaram a posse de bola durante toda a primeira etapa, mas encontraram grandes dificuldades para romper o setor defensivo da bem armada equipe iraniana.

Tirando uma batida de Cristiano Ronaldo, bem defendida pelo goleiro adversário, aos 2 minutos, e um lance de João Mario, por cima da meta, em bobeada da zaga, o restante das jogadas invariavelmente, era neutralizada antes da conclusão.

O jogo passou a ficar ainda mais perigoso após os 30 minutos, quando o Irã avançou um pouco e chegou até a criar boa chance, aos 35 minutos, bem defendida por Rui Patrício.

Porém, quando o empate antes do intervalo parecia certo, aos 44 minutos Quaresma acertou um belíssimo chute de três dedos, no ângulo direito, marcando um golaço.

Na outra partida do grupo, Iniesta e Sergio Ramos bateram cabaça – raridade!, e a bola sobrou para Boutaïb abrir o marcador, aos 13 minutos.

Porém, aos 19, o mesmo Iniesta escapou pela esquerda de deu um gol de bandeja para Isco, que empatou.

Um a um, resultado, até então, surpreendente.

Na segunda etapa, o Irã partiu com tudo para o ataque, porém, aos 5 minutos, Cristiano Ronaldo se jogou na área, o árbitro não marcou pênalti, mas, após verificar o VAR, errou ao desfazer seu próprio acerto.

Para sorte dele, Cristiano Ronaldo bateu mal, nas mãos do goleiro.

Com o Irã melhor, os portugueses começaram a perder a cabeça, inclusive o maior astro da equipe.

Aos 34 minutos, Cristiano Ronaldo agrediu o adversário, merecia ser expulso, mas o árbitro, mesmo chamado ao VAR para observar o lance, medrou e apenas aplicou-lhe um cartão amarelo.

Uma vergonha.

No final, aos 46 minutos, percebendo a fraqueza da arbitragem, o Irã pediu penalidade inexistente, que, após nova consulta equivocada de VAR, foi inacreditavelmente assinalada.

Um minuto depois, Ansarifad, com categoria, empatou a partida,

Aos 47 minutos, o Irã teve a chance de virar o marcador e desclassificar Portugal, mas perdeu gol feito, embaixo da meta.

A Espanha, no outro jogo do grupo, também passou apertado e somente empatou, em dois a dois, com o Marrocos, garantindo a primeira colocação do Grupo B.

Agora os espanhóis jogarão como favoritos diante da Rússia e Portugal terá a difícil tarefa de superar o Uruguai, favorito à classificação.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: