A cara de pau de João Agripino da Costa Doria Junior

“O estádio tem 78 anos e precisa ser atualizado para evitar apagões que infelizmente acontecem nesta região da cidade, não é um problema da prefeitura.”

(JOÃO DÓRIA, em depoimento gravado, sobre o estádio do Pacaembu)


O estádio MUNICIPAL Paulo Machado de Carvalho, apelidado “Pacaembu”, por razões óbvias é gerido pela Prefeitura do Município de São Paulo, que tem como prefeito João Agripino da Costa Doria Junior.

Ontem, ao comentar os frequentes apagões ocorridos em meio a partidas de futebol, coincidentemente as que recebem atenção da televisão, o mandatário da Capital paulista disparou:

“O estádio tem 78 anos e precisa ser atualizado para evitar apagões que infelizmente acontecem nesta região da cidade, não é um problema da prefeitura”

“Nós temos que ter um entendimento que resolva tecnicamente o problema do Pacaembu. Mas a solução definitiva é a sua concessão, é investimento privado. No próximo dia 24 de abril, vamos publicar o edital para a concessão do Pacaembu”

Se a cara de pau da declaração, absolutamente destoante da verdade e das obrigações da Prefeitura (horas antes o diretor responsável pelo estádio foi demitido), parecia não ter limites, piorou ainda mais na resposta seguinte, verdadeiro espetáculo de demagogia e desinformação:

“Eu vi o apagão, não é razoável você imaginar que as luzes precisam de aquecimento na era do LED, isso é coisa do passado. Eu não vou trocar dinheiro de remédio, de UBS, de educação e creche para investir no Pacaembu. É o setor privado que deve e pode fazer isso e vai fazer”

Agripino justifica a própria incompetência com frases populistas, quase dizendo que consertar a fiação do Pacaembu seria gerador de caos na saúde e educação, duas pautas, aliás, que seguem à míngua em sua gestão.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

6 ideias sobre “A cara de pau de João Agripino da Costa Doria Junior

  1. Tem que vender o Pacaembu, se não houver nenhum time interessado em comprar, demoli !!

    será uma despesa a menos para o contribuinte paulistano ficar pagando.

  2. Dória está correto, a solução definitiva é privatizar para quem sabe gerir e pode ter lucro com isso, se ninguém quiser pode demolir mesmo, o que eu acho engraçado é que esses tipos de questionamentos não eram feitos ao Fernando Haddad.

  3. A prefeitura não deve colocar nenhuma verba publica no pacaembu.
    Como nenhum governo seja estadual ou federal deveria ter colocado a fundo perdido dinheiro dos contribuintes em estádio de futebol.
    O estado deve investir em educação, saúde e segurança, falar em investimento no pacaembu pela prefeitura é manter o Brasil na decadência que estamos.
    Admiro alguém ter coragem de sugerir isso com mais de 12 mulhões de desempregados no Brasil.

  4. O Corinthians perdeu a chance. Poderia estar com o Pacaembu arrendado, sem dívidas, região central, Se o SFC, time do coração do prefeito, aproveitar a oportunidade, já que é o único que pode se interessar, se dará bem.
    Doria está certo, estádio não é assunto do poder público

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.