Fernando Garcia trabalha como Diretor de Futebol “informal” no Corinthians

Fernando Garcia, Paulo Garcia e Andres Sanches

Enquanto tenta reaproximar-se de Paulo Garcia, dono da Kalunga, com quem manteve exitosa parceria nas eleições alvinegras, o deputado federal Andres Sanches (PT) segue sem indicar um Diretor de Futebol para o Corinthians.

Chegou a fazê-lo no exato momento do anúncio do resultado das urnas, com Duílio “do Bingo”, mas depois, por conta de desacerto com o empresário – que chegou a ingressar na justiça alegando fraude no pleito, o parlamentar rebaixou o então dirigente a “adjunto” (por enquanto, de ninguém).

A vaga, tudo indica, está sendo “guardada” para provável indicado de Paulo Garcia, a quem Andres Sanches precisa voltar a agradar por conta da necessidade de financiamento de campanha de reeleição à Câmara Federal.

Para esclarecer: o desconforto dos notórios parceiros se deu após as eleições, por conta do anuncio do nome do Superintendente de Finanças, Marcos Chiarastelli, ligado a Raul Corrêa da Silva, desafeto de Emerson Piovesan, ex-diretor da pasta e vice na chapa de Garcia.

A pressão foi tão grande que, 48 horas depois, o cargo foi extinto com o empossado, vergonhosamente, sendo demitido.

Com dificuldades financeiras geradas por onze anos no poder do próprio grupo que o alicerça, Andres Sanches tem recorrido à prática usual no Parque São Jorge: contratar jogadores vinculados a Fernando Garcia, que, neste início de nova gestão do parlamentar, tem se comportado como verdadeiro diretor “informal” de futebol alvinegro.

Somente nesta semana foram dois: Ralf, que retornou aos 34 anos com salários de R$ 300 mil mensais, e o zagueiro Marllon, da rebaixada Ponte Preta, com acerto longo de quatro anos de contrato.

O procedimento tem por objetivo agradar o bolso de alguns e, claro, adoçar a boca do irmão, provável financiador de futura campanha eleitoral.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Fernando Garcia trabalha como Diretor de Futebol “informal” no Corinthians

  1. Irmãos Metralha.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.