Vice da Lusa esconde presidente para evitar recebimento de notificação

Na próxima segunda-feira, a Portuguesa terá eleições para definir a mesa do Conselho Deliberativo, porém, novamente, envolta em polêmicas.

Uma das chapas, a que apoia o presidente Alexandre Barros, teria membros em situação irregular, sem o tempo necessário como associados para concorrer como conselheiros.

Diante deste fato, membros do clube tentaram levar o protocolo do pedido de impugnação para dar ciência ao mandatário rubroverde.

Porém, o vice-presidente, Manoel Reis, disse que Barros não estava no Canindé.

Era mentira.

Fotografia tirada por sócio da Lusa flagrou Alexandre Barros às portas do estádio, evidenciando o vale-tudo de um grupo que, após os problemas notórios de seus negócios pessoais (o programa de rádio do presidente foi expulso da rádio que o abrigava), precisa do futebol para sobreviver.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.