O fim do gol qualificado

A partir da Copa do Brasil de 2018, o gol marcado fora de casa deixará de ter peso maior nas decisões em torneios “mata-mata” no Brasil.

Trata-se de grande acerto.

Originalmente pensando para evitar que os visitantes apenas de retrancassem ao jogar fora de seus domínios, mostrou-se, com o tempo, facilitador exatamente deste procedimento, quando equipes ruins conseguiam, as vezes por sorte, o gol qualificado no primeiro embate e depois, em casa, não saiam da defesa.

Igualar as condições durante os 180 minutos é a melhor alternativa.

Qualificados tem que ser os times, que assim sendo marcarão, inevitavelmente, os gols necessários para superar adversários nas competições.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para O fim do gol qualificado

  1. Ainda bem. Fizeram pelo menos uma coisa certa. A próxima é acabar de vez com esse horário de verão. rsrsrs

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.