Arena Fundo, gestor do estádio do Corinthians, cede mais R$ 1,1 milhão em CIDs à Odebrecht

Revelamos, no último dia 21 de outubro, que o Arena Fundo, gestor do estádio de Itaquera, utilizado pelo Corinthians, dos R$ 420 milhões em CIDs recebidos pela Prefeitura como incentivo à referida obra, já havia repassado, a empresas diversas, o equivalente a R$ 80,275 milhões deste títulos.

A relação pode ser conferida no link abaixo:

R$ 80,275 milhões em CIDs do Corinthians foram repassados a empresa diversas, entre as quais o UOL

Hoje a Prefeitura homologou novo repasse, de 17 papéis (nºs 001/1707 à 001/1724), avaliados em R$ 1,105 milhão, para a Odebrecht, em nome do Consórcio Metropolitano 5, que a construtora domina, tendo ainda como “parceiras” a OAS e a Queiróz Galvão, todas “clientes” da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal.

Ou seja, R$ 81,380 milhões, dos R$ 420 milhões iniciais de CIDs já foram comercializados, restando ao Corinthians, que tem candidatos a presidente – todos, prometendo utilizá-los para amortizar os valores do estádio, R$ 338,620 milhões para futuras negociações.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Arena Fundo, gestor do estádio do Corinthians, cede mais R$ 1,1 milhão em CIDs à Odebrecht

  1. george dini disse:

    A quantas andam os pagamentos via consórcio?
    Quanto foi arrecadado?

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.