A queda de Cuca e a submissão (inocente ?) a Alexandre Mattos no Palmeiras

Após um trabalho com pouca evolução tática e alguns atritos de bastidores, o treinador Cuca foi demitido do Palmeiras.

Permanece, porém, o responsável pelo departamento, o esperto Alexandre Mattos.

Em 2017, o clube gastou mais de R$ 120 milhões em contratações, demitindo dois técnicos, todos a custos expressivos, geradores de comissionamentos acima do mercado para intermediários.

O agente que mais recebeu foi Eduardo Uran, coincidentemente o que frequenta a residência do gestor de futebol palestrino.

Em regra, clubes tem empresários de “estimação” quando seus dirigentes precisam ocultar recebíveis indevidos e deles se utilizam para mascará-los.

Mattos tinha fama de ser “de esquema” no Cruzeiro, sendo pouco provável que, até por conta do volume de dinheiro circulante no Palmeiras, tenha alterado hábitos e costumes.

Na Raposa, o dirigente bajulava presidente e demais integrantes da alta cúpula, por vezes entregando a eles bastidores de vestiários e solicitando “opiniões”, que, mesmo não seguindo, tornavam-no próximo da cartolagem decisora do clube.

Dizem, com estreitamento que propiciava, depois de algum tempo, até dividir alguns lucros, com os mais chegados.

Informações dão conta de que o “modus-operandi” tem se repetido nos bastidores palestrinos.

Este é o ponto: a demissão de treinadores é apenas sintoma de procedimentos equivocados na utilização de dinheiro do clube, com critérios nada técnicos e sim comerciais no investimento em jogadores, que serve para fazer rodar a máquina que sustenta meia dúzia de pessoas no alviverde, mas, em regra, deixa o clube órfão de peças necessárias para a montagem de uma equipe competitiva de futebol.

Até que ponto existe inocência entre os dirigentes do Palmeiras com relação a não enxergar o trabalho de Alexandre Mattos da maneira como ele é – e o mercado comenta, não do jeito que ele se vende ?

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.