Advertisements

Influência de Aécio Neves e Perrela no Cruzeiro virou pó

A eleição do situacionista Wagner Antonio Pires à presidência do Cruzeiro, por 235 votos a 200, simbolicamente, foi muito importante não apenas para o clube, mas para servir de exemplo a Minas Gerais, dominada, há anos, pela influência de notórios malfeitores.

O candidato derrotado foi Sergio Rodrigues, apoiado pela dupla Zezé Perrela e Aécio Neves, até então invictos na política da raposa.

Pires terá agora três anos para comprovar ser diferente da imensa maioria da cartolagem.

Recentemente, Perrela e Aécio foram flagrados conversando sobre “tráfico de drogas”, assunto que, frequentemente, é associado ao comportamento de ambos, seja por conta do famoso episódio do helicóptero do pó – ainda sem punição, ou dos relatos de supostas internações do ex-presidente do PSDB, dizem, sempre entrando às escondidas em hospitais da capital mineira, coincidentemente, nas mesmas datas em que se envolve em abusados eventos sociais.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: