Advertisements

São Paulo processa empresa ligada a dirigentes do Corinthians por calote

Andres Sanches, Luis Paulo Rosenberg e outros ex-funcionários do Corinthians em confraternização da SPR – julho de 2017

Em 31 de maio, o São Paulo ingressou com ação de cobrança contra a SPR Industria de Confecção S/A, antes Poá Textil, responsável pela administração da franquia “São Paulo Mania”.

O calote, em repasse de royalties, atinge, oficialmente, R$ 538,2 mil, mas pode ser muito maior levando-se em consideração relatos de lojistas, entre os quais da rede de lojas “Poderoso Timão” (também ligada à empresa), de entregas de mercadorias realizadas com Notas Fiscais de “alaranjadas”, com objetivo de surrupiar recebíveis dos clubes ‘parceiros”.

Ex-vice-presidente do Corinthians, o economista Luis Paulo Rosenberg é apontado como sócio oculto da SPR, que remuneraria também, em comissão, seu parceiro, o deputado federal Andres Sanches (PT).

No dia 05 de junho, decisão do juiz Felipe Esmanhoto Mateo, da 14ª Vara Cível, reconheceu como notória a pendência da empresa com o Tricolor, estipulando prazo de 15 dias para a quitação, porém, até a presente data, o Justiça não conseguiu citar os proprietários, evidenciando a provável picaretagem.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: