Advertisements

Desenhando para alguns torcedores do Santos

O Blog do Paulinho revelou, há dias, que o Santos, em ato de extrema burrice, confundiu o preparador físico do Flamengo com repórter da Rede Globo, acusando a este de interferir, externamente, na decisão da arbitragem.

Santistas invadiram os canais de comunicação deste espaço com o seguinte argumento: “mas, mesmo se for o preparador do Flamengo, é interferência externa”.

Vamos desenhar.

Em todas as partidas de futebol, membros do banco de reservas de todos os times dialogam, gritam e mostram seus pontos de vista de todas as jogadas aos membros da arbitragem, explicitamente, com microfone ambiente das emissoras e imagens flagrando-os.

O comportamento, apesar de inadequado, está dentro da lei, e remete ao direito de reclamar, desde que sem ofensas, de jogada que favoreça ou não a própria equipe, de pessoas que não são “externas” ao espetáculo, mas partícipes ativos, tanto que sentam no banco de reservas.

Comparar uma reclamação de preparador, ligado ao time que disputa a partida, com interferência, se tivesse ocorrido, inadequada de um jornalista é ato de desespero, quando não burrice, de quem recusa-se a enxergar o óbvio, procurando qualquer tipo de justificativa para vencer a “discussão”.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: