Anúncios

O vexame internacional do Corinthians no “caso Pablo”

“Apesar de já termos acertado prazo contratual, salários, luvas e comissões, o Corinthians não conseguiu os recursos ou dar garantias de pagamento para viabilizar a finalização do contrato conforme combinado. Diante disso, a compra do Pablo está suspensa”

(FERNANDO CESAR, agente do jogador Pablo)


Dias atrás, o Corinthians anunciou a contratação do ótimo zagueiro Pablo, até então emprestado pelo Bordeaux, da França, ao clube, por 1,2 milhão de Euros (R$ 4,4 milhões), além da cessão dos 15% a que tinha direito sobre o jogador Malcon, este agenciado por Fernando Garcia.

O novo vínculo estava apalavrado até 2021.

A falta de garantias mínimas para pagamento de valor ínfimo no contexto do mundo dos negócios futebolísticos, ainda mais levando em consideração o tamanho do Corinthians, trata-se de evidente vexame internacional.

R$ 4,4 milhões correspondem à arrecadação bruta de um estádio de Itaquera lotado.

O problema, gerador doutros entraves, é que, além de dever muitos milhões á CAIXA, ao BNDES, ao GOVERNO (Impostos diversos), a empresários de atletas (várias são as ações de cobranças), a funcionários (uma centenas de processos trabalhistas), inviabilizadores de avais bancários, existe ainda a impossibilidade de contar com 50% da renda das partidas (destinadas à obscura parceira OMNI), com o restante dos valores, obrigatoriamente, sendo destinado ao Arena Fundo, insuficientes, por conta de diversos intermediários, para quitar os juros da obra de Itaquera.

Além disso, todo o patrimônio alvinegro, quando não penhorado (terrenos, imóveis e automóveis), foi cedido à terceiros (marca, símbolo, etc) por conta do acerto com a Odebrecht.

Vale lembrar que há dez anos, o clube foi entregue pelo deposto ex-presidente Alberto Dualib aos atuais gestores do Corinthians com diversos problemas administrativos, mas com dinheiro em caixa.

Como o mercado internacional nem sempre é informado sobre os pormenores daqueles que se metem a dar o passo maior do que a perna, a fama do Corinthians, depois deste episódio, será a de clube quebrado e sem crédito, o que, convenhamos, não foge nem um pouco à realidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: