Anúncios

Quem ajuda o São Paulo ?

O São Paulo contratou o jogador Wellington Nem para “ajudar” o empresário Eduardo Uram, dono de diversos outros atletas do clube.

Este foi o argumento utilizado por Leco, segundo fontes, para convencer a diretoria de futebol.

Há tempos o jogador não brilhava.

No Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, era reserva.

Em 51 jogos, destes apenas doze como titular, o jogador, que foi vendido pelo Fluminense por R$ 31,5 milhões, marcou apenas nove gols, razão pela qual, para ao menos minimizar o prejuízo, os ucranianos emprestaram-no ao Tricolor sem cobrar pelo acordo.

A tal “ajuda” a Eduardo Uram se dá, não apenas pela vitrine (que não está sendo aproveitada), mas pela exceção aberta pelo São Paulo, que diz ter adotado teto de R$ 350 mil para pagamento de salários a seus atletas, mas paga ao reserva de uma equipe da Ucrânia a bagatela de R$ 450 mil mensais.

Boa parte dos valores, evidentemente, vai para o bolso do jogador, a outra, bem, só Deus sabe.

Uram não pode reclamar da generosidade dos dirigentes tricolores, que há tempos o “ajudam”, dificilmente por assistencialismo, mas a grande questão, diante deste contexto comercial, é: quem ajuda o São Paulo ?

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: