Segundo a BRL TRUST, dívida do Corinthians com a Odebrecht caiu para R$ 357 milhões

O Arena Fundo, ainda gerido pela BRL TRUST, empresa que ensaiou a saída do negócio, mas depois recuou, confirmou que a dívida do Corinthians com a Odebrecht caiu quase R$ 2 milhões no mês de junho, por conta do repasse da arrecadação de Itaquera.

De R$ 359.009.719,07 para R$ 357.089.453,62.

Há ainda um passivo de R$ 100.660,33, que o clube precisa quitar a título de taxa de administração da controladora.

A redução poderia ter sido bem maior, nos últimos tempos, não fosse a farta utilização dos ingressos de partidas do Corinthians em remuneração da empresa OMNI (contratada a custo de 50% dos valores arrecadados), além dos desvios de conduta (e dinheiro) recorrentes, alguns deles recentemente revelados pelo Blog do Paulinho.

O clube deve ainda R$ 420 milhões (sem contar os juros) para o BNDES.

Conselheiros batalham, há algum tempo, para a diretoria do Corinthians aceitar receber membros de uma auditoria, com parecer dando conta de R$ 250 milhões em obras não honradas pela Odebrecht, que poderiam gerar desconto na fatura final.

Abaixo, Informe Mensal, referente ao período de 06/2017, protocolado pela BRL Trust na CVM:

Informe Mensal – Arena Fundo – junho de 2017

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Segundo a BRL TRUST, dívida do Corinthians com a Odebrecht caiu para R$ 357 milhões

  1. Calculo bem “porco” 357+100+420+impostos? = minimo 430 meses ou seja nesse ritmo de pagamentos daqui a 36 anos (sem contar os impostos e juros)o curica pode chamar o Propinão como dele!

    36 ANOS!!!!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.