Anúncios

O dia em que Salgueiro chorou: sobre o assalto que deu título ao Sport de Luxemburgo

Por ROBERTO VIEIRA

Salgueiro estava em festa.

Seria campeão estadual.

O primeiro campeão estadual do interior de Pernambuco.

Uma final adiada muitas vezes.

Até que seu principal jogador já não pudesse jogar.

Uma final à noite.

Pois o sol da tarde era doping.

Uma final sem buzinas.

Pois a Justiça proibiu o barulho.

Mas Salgueiro estava em festa.

Até que as velhas feitiçarias do futebol estadual surgiram.

Bolas que saíram sem sair.

Gol anulado no vídeo.

Título pra os de sempre.

Salgueiro não sabia.

O que Caruaru, Limoeiro e Vitória já sabiam.

Taça é privilégio da capital.

E com dignidade imprevista.

Clebel Cordeiro, antigo presidente do clube.

Homem responsável pelo milagre de trazer gol pro sertão.

Clebel que é o atual prefeito de Salgueiro.

Clebel anunciou seu adeus do futebol.

Dignamente.

Tudo nesse dia de chuva pernambucana.

Tudo no dia em que Salgueiro chorou.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: