As oitavas de final da Copa Libertadores

Ontem à noite foram sorteados os confrontos de oitavas de final da Copa Libertadores das Américas, que, pelo blog, serão analisados.

River Plate, que faz boa campanha no torneio, é franco favorito diante de um Guarani do Paraguai brigador, mas só.

Deu sorte o Galo que, mesmo em fase complicada, precisará apenas conseguir se segurar na altitude boliviana, contra o Jorge Wilstermann, para depois, em casa, golear o adversário.

Emelec e San Lorenzo é jogo sem prognóstico, de duas equipes de potencial semelhante, apesar dos argentinos terem mais tradição (que pode pesar) no campeonato.

O Lanus deve superar o The Strongest, que de “forte” mesmo só tem a vantagem de jogar em La Paz, a mais de 3 mil metros do nível do mar.

Deveremos ter duas partidas de tirar o fôlego entre Santos e Atlético/PR, com favoritismo paulista, que possui melhor elenco, mas possibilidade, dentro do contexto de clássico regional, do Furacão superar-se e surpreender.

O Palmeiras, se conseguir ser eliminado pelo fraquíssimo Barcelona do Equador, colocará o confronto na galeria dos maiores vexames nacionais em Libertadores.

Improvável.

Duríssima será a caminhada do Botafogo, que terá pela frente a tradição uruguaia do Nacional, sem possuir time muito melhor do que o adversário.

Por fim, pelo que vem apresentando no Brasileirão, o Grêmio, apesar de nunca ser fácil um duelo com argentinos, é mais equipe do que o Godoy Cruz, e deverá superá-lo, talvez com duas vitórias.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.