Advertisements

Com gol histórico, Brasil passeia na Austrália

Em dez segundos, com o gol de Diego Souza (o mais rápido da história da Seleção), o Brasil definiu os rumos da partida contra a Austrália, que se já não seria tão difícil, tratou de ficar ainda mais fácil com a precoce vantagem.

Ainda assim o primeiro tempo foi bem chato, mais por comodismo brasileiro do que dificuldades impostas pelo adversário.

Na virada para o período final, Tite deve ter pedido, ao menos, uma troca de bola mais rápida, que melhorou um pouco a partida.

Não por acaso mais três gols foram assinalados, com Thiago Silva, Taison e novamente Diego Souza, dos poucos, junto com Philippe Coutinho, que aproveitaram bem a oportunidade, demonstrando utilidade em caso de necessidade no setor ofensivo.

Fica a impressão que o esquema de jogo da Seleção é tão consistente, que mesmo um grupo, como o de hoje, formado por reservas, acaba por se virar bem na falta dos melhores jogadores da equipe titular.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: