Inglaterra dá exemplo ao punir jogador desonesto

Ontem, a FA, Associação de Futebol da Inglaterra, aprovou punição de, no mínimo, duas partidas para jogadores que simularem faltas e obtiverem êxito em enganar a arbitragem.

Uma comissão formada por um ex-treinador, um ex-jogador e um ex-árbitro analisarão os lances suspeitos e somente a unanimidade resultará na punição sumária.

Exemplo a ser seguido em tempos de combate à cultura da desonestidade.

Por que não imitá-la por aqui e, talvez, batizá-la como “Lei Rodrigo Caio” ?

Seria interessante para iniciar uma revolução comportamental no futebol, relembrando, ainda, o simples gesto do atleta Tricolor, propulsor, no mínimo, das discussões sobre o assunto.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

2 Replies to “Inglaterra dá exemplo ao punir jogador desonesto”

  1. É questao de opiniao eu ja penso que a malandragem faz parte do futebol… Nao simular agressao, desonestidade…. Pra mim cavar falta é igual o blefe no baralho

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.