100 anos do Derby

No dia 06 de maio de 1917, Corinthians e Palmeiras (ainda Palestra Itália), duelaram pela primeira vez, ainda sem a noção exata de que tratava-se de um momento histórico.

Sem divisão de torcidas, lado a lado palestrinos e alvinegros, no Parque Antárctica, assistiram, pelo Campeonato Paulista, a vitória do Verdão por três a zero, gols de Caetano Izzo, aos 18,25 e 39 do segundo tempo.

O meu primeiro Derby no estádio aconteceu no dia 01 de agosto de 1982, quando, no Morumbi, o Corinthians venceu o embate por cinco a um.

Eram tempos de Democracia Corinthiana e o jovem Casagrande, em desempenho notável, assinalou três vezes (Sócrates e Biro Biro (Corinthians) e Jorginho (Palmeiras) marcaram os outros gols).

Muitas outras batalhas vieram na sequencia, com alegrias e tristezas, e, independentemente delas, muita satisfação.

Se o Fla-Flu é considerado, pela literatura esportiva, o início de tudo, o Derby é o coração de São Paulo, com disputas intermináveis de sentimentos que, mesmo em rivalidade, fazem-se necessários para a subsistência de ambas as partes.

Cem anos do resto de nossas vidas divididos em capítulos de noventa minutos, sem perspectiva de final, para deleite daqueles que sofrem e se alegram no prazer.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.